Bolhas de ar nos ares de teus olhares

Texto de J. Alves postado em 07/10/2009


Que há de mais forte que este sentimento gostoso de poder contar com a tua amizade?

Às vezes vamos por aí, desanimados,

quando apenas nos bastaria a sombra de um gesto amigo.
O tempo passa... é verdade.

Mas é a vida que assoma a todo instante, mais fortemente.
O tempo passa... é verdade.

Mas é a Vida que assoma risonha criança nos abraçando

ainda mais fortemente.
Olhando para ti é como se eu entrasse no barco de teus sonhos, no barco de tua vida: é assim que recobro ânimo para seguir.

Bem que a vida  vale o poema vivo  que é você.

Amor não é apenas palavra  quando essa palavra

é feita de risos,
de lágrimas, de sonhos, de vontade de viver;

quando o Amor é você.

Você sabe que entre nós há coisas que apenas os olhos dizem,
os sentimentos atestam e as palavras ocultam.

Comentários (1)>>Clique aqui para comentar
Alencar
J. Alves, lindo texto sobre amizade, amor e o tempo.
Gosto de fazer amigos, grande é meu tesouro, ler este texto fez com que eu confirmasse em meu coração que meus amigos, os verdadeiros, são canções que Deus cantou e canta em minha vida.
No tempo de nossa vida, o caminho se faz caminhando, e neste caminhar no tempo, ter um olhar de um amigo, uma voz que traz alegria, a presença que gera amor, o sorriso que inspira esperança faz nossa vida ter mais coragem de enfrentar nossos medos, limitações, o próprio tempo.
Tem muita gente com mais medo da vida do que da morte, porque no tempo de sua vida lhe faltou e falta amor, um sorriso, um doce olhar, uma mão fraterna, falta um amigo que ensine, partilhe e alerta: vale a pena viver a vida.
Parabéns por este texto, só quem ama e quer aprender amar pode entender o valor e o sentido que cada frase ele contém.
Grande Abraço.
10/11/2009
Bornal das Letras - Portal do escritor J. Alves

© Copyright - www.bornaldasletras.com.br - Todos os direitos reservados.