Santo do dia

20 de Maio - S. Ivo de Chartres

séc. XI – bispo e confessor – “Ivo” quer dizer “teixo”, uma planta ornamental muito comum na Europa.
Figura: DivulgaçãoO bispo e confessor S. Ivo foi uma figura importante na Igreja do século XI. Nascido em Beauvais, França, ingressou na abadia beneditina de Bec, dali foi para o mosteiro de S. Quentino, onde foi prior em 1078. Durante os 14 anos em que dirigiu os monges de S. Quentino, sua obra foi reconhecida dentro e fora do mosteiro, servindo de referência a outras casas religiosas que adotaram suas observâncias. Com o afastamento do bispo de Chartress, acusado de dilapidar os bens da Igreja, S. Ivo foi aclamado bispo daquela cidade. Incentivou o estudo do Direito Canônico, compilando em Coleções todo o conhecimento da época. Por recusar-se celebrar o casamento de Filipe I, rei da França, com sua amante, mulher do conde de Anjou, foi perseguido e encarcerado. Morreu no dia 23 de dezembro de 1116.


TESTEMUNHAS DE NOSSOS TEMPOS

Pedro de Córdoba * Sacerdote, defensor e alma da luta pela libertação dos indígenas, morto em 1521 na República Dominicana.


PRECE

DA RECRIAÇÃO DA VIDA
Figura: DivulgaçãoDeus, nosso Pai, olhai para nós neste dia.

Vede as nossas necessidades físicas e espirituais e o desejo de felicidade que mora dentro de nosso coração.

Vós sois o Deus fiel, o Conhecedor das mentes e o Vigia de nossos corações vacilantes.

Voltai o vosso olhar para nós e apressai-vos em nos socorrer. Para vós nada é oculto e antes que cada coisa suceda já a conheceis.

Passamos com a nossa história, acertos e desacertos, dar testemunho de vossa ação libertadora.

Sois o Deus da vida: permaneceis quando tudo caduca; estais presente quando a palha de nossas vaidades é queimada; estendeis a mão quando o prepotência de nosso orgulho é pisado pelo chão.

Permaneceis ao nosso lado quando o desespero nos cega e a dor nos abate.

Sois o Deus da vida, mesmo quando a nossa fé é pequena, a dor e o sofrimento lancinantes, vós nos amais, respirando em nós e recriando-nos a cada instante.



últimos textos

Leia os textos de J. Alves

    Não foi possível realizar a conexão com o servidor do banco de dados