Santo do dia

15 de Maio - S. Dimpna e S. Gereberno

S. Dimpna e S. Gereberno
Foto: DivulgaçãoConforme a tradição, a mãe de S. Dimpna teria sido uma princesaFoto: divulgação. cristã que morreu quando ela ainda era pequena e seu pai, um rei pagão. Os poucos anos que conviveu com a mãe lhe serviram para que fosse instruída por ela na doutrina cristã. Quando cresceu, sua semelhança com a mãe era tal que o próprio pai enamorou-se dela e começou a importuná-la. Com a ajuda de S. Gereberno, seu mestre espiritual, S. Dimpna fugiu para Antuérpia e dali embrenharam pela floresta até encontrar o oratório de S. Martinho. Entretanto, foram encontrados e mortos. Ela, pelas mãos do próprio pai, e S. Gereberno, pelos comandados do rei. Seus corpos foram sepultados em Gheel. S. Dimpna é invocado contra as doenças mentais.

TESTEMUNHAS DE NOSSOS TEMPOS

Carlos Galvez Galindo * Sacerdote, comprometido com a justiça social, assassinado em 1981, na Guatemala.

PRECE

DA UNIDADE INTERIOR

Foto: divulgaçãoDeus, nosso Pai, vós sois único e verdadeiro, e nós múltiplos e fragmentados. Arvoramos em juízes e inquisidores do outro, mas pouco ou nada sabemos de nós. Possamos hoje buscar a nossa unidade interior, em que transpareça a nossa face verdadeira. Mergulhemos sem medo no fundo de nossa alma e contemplemos a nossa verdadeira face. Fazei que avancemos no conhecimento de nós mesmos, pois assim Foto: divulgaçãoconheceremos um pouco daquele que habita o nosso íntimo e nos chama pelo nome. Sois o mistério infinito, que se estende para além dos séculos: nosso olhar ultrapasse o reflexo do rosto refletido no espelho de nossas estreitas visões. Sois a sabedoria eterna: abramos a mente e o coração ao poder daquele que a tudo move e, ao mover, tudo é transformado, é recriado, confundindo nossas fórmulas e nossos limitados cálculos. Sois o mistério do amor e da ternura que nos envolve e nos sustenta: habitai nossos corações, pois temos temos sede de humanidade e sede de divindade; sim, ó Deus, temos sede de vós, Deus eterno e santo.



Bornal das Letras - Portal do escritor J. Alves

© Copyright - www.bornaldasletras.com.br - Todos os direitos reservados.